“Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é negá-la.” (São Tomás de Aquino)

Nos últimos dias houve uma forte campanha de descriminação religiosa contra os Arautos do Evangelho. Depois de várias tentativas para recompor a realidade dos fatos de forma tranquila e ordeira, os arautos foram ludibriados e não obtiveram o direito de defesa em nenhuma das mídias e emissoras.

Enquanto o tempo passava, muitas pessoas desprovidas do senso de averiguação aceitaram as mentiras. O argumento é que havia um conjunto midiático divulgando matérias semelhantes. Profunda conclusão… Já as pessoas que sempre repudiaram a Igreja, aproveitaram para manifestar o desprezo e ódio pelos benefícios morais que difundíamos para o povo católico.

Consequentemente, os arautos foram forçados pelas circunstâncias a agir com ímpeto contra o mal produzido à imagem institucional. Como vimos no início, é um dever moral de todo verdadeiro católico se opor ao erro.

Mas sabemos que o mal procura ser sub-reptício. E quando se depara com a luz da verdade, suas trevas se dissipam, ou seja, somem. É o que o leitor pode constatar no vídeo a seguir.

Certamente alguns poderão dizer que a atitude da família arautos foi sem propósito, forte, ‘radical’, ou outras fórmulas mais elaboradas de fugir da realidade. Mas todos os possuidores de bom senso verão somente a arguição das pessoas expostas maldosamente nas matérias, que até agora não foram escutadas.

Vamos restabelecer a verdade

E por qual motivo? Certamente porque as pessoas envolvidas iam transmitir realidades que destruiria a existência do material jornalístico sobre o ‘caso arautos’. E para que os leitores possam constatar isso, colocamos o vídeo feito pela TV Arautos logo após a escusa da fantástica emissora. De maneira espontânea, as irmãs e famílias que não foram escutadas puderam abrir seus corações e falar verdades, que se tornaram tão expressivas em seus olhares.

Agora cabe a você católico(a) ou a você brasileiro(a) de boa vontade dissipar ainda mais essa perfídia midiática. Divulgue esse post para disseminar a verdade. Isso será de suma importância!

Talvez pode surgir a tentação de pensar que sua atitude seria irrelevante, pois o que é sua atividade perto da ação dos golens da mídia?

Respondo de acordo com Santo Antônio de Pádua: “quem não pode fazer grande coisa, faça ao menos o que estiver na medida de suas forças; certamente não ficará sem recompensa.”