“Nossa vida é uma peregrinação. E, como tal, está cheia de tentações. Porém, nossa maturidade se forja nas tentações. Ninguém conhece a si mesmo se não é tentado; nem pode ser coroado, se não vence; não pode vencer, se não luta; nem lutar, se lhe faltam inimigos”. (santo Agostinho)

Conforme a “Águia de Hipona” nos ensina faz parte da nossa vida a luta. A Sagrada Escritura também corrobora esse pensamento no Livro de Jó: “Não é, acaso, uma luta a vida do homem sobre a terra?” (Jó 7,1) . Consequentemente desejar fugir dessa realidade é tentar viver no mundo da fantasia.

Sobretudo porque é palpável ver na sociedade pessoas que vivem honestamente seguindo a Deus, que se tornam alvo de críticas e chacotas por parte da opinião dominante. O bom procedimento delas acaba se tornando peso de consciência para os desonestos e corruptos. Fazendo pressão com artimanhas os detratores da moral utilizam de vários meios para desvirtuar os bons, e, se não conseguem, partem para manobras mais contundentes. Há tantos exemplos bíblicos sobre esse fator que até me dispenso de citá-los.

Igreja dos Arautos
A Igreja sempre procura beneficiar todos que a buscam

Mas a paciência dos bons costuma  passar por cima desses maus procedimentos e suportá-los como um sacrifício oferecido a Deus evitando embates. Porém, nem sempre deve ser assim. Ainda mais quando vemos esses grupos malévolos incentivarem a irreligião e o apagamento da crença em Deus. Como nos ensina o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira o verdadeiro católico pode ceder em tudo… desde que sua concessão não alimente as más paixões. Pois toda concessão que tenha este efeito agrava os problemas em lugar de os resolver.[…] Ora, sempre que uma concessão alimente o desregramento das paixões, sempre que um sorriso pareça um recuo diante do espírito de revolta que com isto se torna mais insolente, sempre que um gesto de fraqueza possa dar ao erro, ao vício ou ao crime a impressão de que está autorizado a expandir-se, é preciso recusar este sorriso, evitar este gesto, negar esta concessão.

Uma luta pelo Brasil

Uma dessas situações se apresenta no nosso cenário atual. Vemos a Rede Globo de Televisão atacar valores tão fundamentais aos pilares da família. Atacar displicentemente a prática da religião sob pretexto de defender os direitos básicos dos cidadãos. Ir contra o governo mentindo que deseja melhorar os dispositivos da ordem social. E nesse contexto vemos as pessoas que partilham de seus ideais unirem-se e avançarem em seus devaneios.

Como veremos abaixo chegou a hora de dar um basta nisso. No vídeo o sacerdote arauto convida todos os brasileiros a se unirem em defesa do direito inalienável de praticar a religião. Somos na Terra de Santa Cruz um conjunto maior do que o grupo que faz a campanha para destruir a fé no Brasil.

Avante! Coragem povo brasileiro!