“A quem Deus quer fazer muito santo, o faz muito devoto da Virgem Maria”. (SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT)

São Luís Maria
São Luís foi um grande devoto de Maria Santíssima que foi perseguido 

Conforme o citado santo mariano, a devoção a Nossa Senhora é um sinal de perfeita união a Deus. E um indício dessa afirmação é que os santos e santas muito devotos de Nossa Senhora sempre se destacaram no serviço à Igreja. Por isso mesmo vários foram incompreendidos, sofreram perseguições e, por tristeza, em certas ocasiões essas perturbações foram internas.

Entretanto essas almas eleitas sempre permaneceram firmes e não esmoreceram, deixando o testemunho para as gerações posteriores que o bem SEMPRE vence. Mesmo quando os acontecimentos parecem desmentir essa verdade, Deus utiliza os fatos desditosos para triunfar sobre aqueles que contra Ele se rebelam perseguindo sua Mãe Santíssima, juntamente com seus fieis devotos e sua Igreja. Mesmo quando tentam dissimular o motivo da perseguição o Deus das verdades apresenta a realidade e inspira as maneiras de desmontar as tramas dos sequazes do mal.

Procedimento divino

Mas como Deus costuma proceder? Ele costuma atuar através de sua bondosa Mãe, que é zelosa da glória divina. Por sua vez a Generalíssima do Senhor convoca seus batalhadores celestes – pois é Rainha dos Anjos – para atuarem no campo de batalha da sociedade humana. E Ela é tão esmagadora, o que já era de se esperar devido a promessa do protoevangelho (cf. Gn 3,15), que esmaga sempre os inimigos de Deus. Isso é confirmado pelo próprio demônio durante um exorcismo realizado por São Domingos. Diz o infeliz: “Ouçam, pois, cristãos! Esta Mãe de Deus é onipotente e pode impedir que seus servos caiam no inferno. Ela, como um sol, dissipa as trevas de nossas astutas maquinações. Descobre nossas intrigas, rompe nossas redes e reduz à inutilidade todas nossas tentações. Vemo-nos obrigados a confessar que ninguém que persevere em seu serviço se condena conosco”(cf. Livro O Segredo Admirável do Santíssimo Rosário).

Padroeira do Brasil
A Generalíssima de todos os que defendem a Igreja Católica no Brasil é Nossa Senhora Aparecida.

Então nesse data em que comemoramos o dia da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, devemos nos inflamar de zelo pela causa de Deus e de sua Igreja e proclamar as verdades divinas, mesmo quando são deturpadas por órgãos que deveriam honestamente reconhecê-las. Nossa Senhora Aparecida foi proclamada aqui no Brasil a Generalíssima das Forças Armadas, mas nesses tempos atuais devemos lembrar sobretudo que a nossa Padroeira é a Generalíssima daqueles que defendem a Igreja Católica, os defensores da propagação da Fé, Esperança e Caridade em todos os recantos da humanidade.

Essa Generalíssima do Senhor nunca abandonará seus filhos e nunca deixará os seus batalhadores sem auxílio e proteção.